Copom traz postura em linha com as expectativas

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Em decisão unânime nesta última quarta-feira (22/09), o Comitê de Política Monetária (Copom) elevou os juros do país em 1 ponto percentual e indicou uma nova alta de 1% para a próxima reunião, que ocorrerá em outubro.

Podemos dizer que o tom do comunicado do Copom está em linha com as expectativas do mercado, que anteviam uma alta de 1% nessa reunião e uma indicação de igual magnitude para a próxima. No entanto, foi pontuado no comunicado que “reduções nas projeções de crescimento das economias asiáticas, refletindo a evolução da variante Delta” adiciona risco para as economias emergentes.

Além disso, o comitê falou sobre “uma possível reversão, ainda que parcial, do aumento recente nos preços das commodities internacionais em moeda local produziria trajetória de inflação abaixo do cenário básico”.

Com esses pontos em mente, o Copom pode, por fim, utilizar tais elementos para uma futura redução no ritmo de ajuste na taxa de juros após a reunião de outubro.

Outras preocupações também seguem no radar para o cenário inflacionário:
– A persistência na inflação de serviços que, além de mais elevada que o esperado, ainda pode avançar nos próximos meses, com a aceleração da atividade econômica.
– Os preços dos bens industriais e o cenário para os custos de energia elétrica, visto que o comitê adota bandeira tarifária vermelha 2 para dezembro de 2022 e 2023.

Dessa forma, a combinação de riscos de inflação com o cenário externo mais desafiador, ainda não garante uma alta de 100 pontos-base em dezembro, sob risco desta decisão deprimir ainda mais as expectativas do PIB para 2022.

O time Macro & Estratégia do BTG Pactual, por hora, mantém o call de 1% de alta na reunião de outubro e 0,75% em dezembro, o que levaria a Taxa Selic a 8,0% no fim de 2021. Por fim, é importante lembrar que a ata desta reunião do comitê, que será apresentada na próxima terça-feira, pode trazer informações sobre o ciclo de alta da Selic suficientes para nos fazer acreditar que a taxa terminal será mais elevada.

Caso tenha dúvidas sobre política monetária ou como a Selic pode influenciar os seus investimentos, não deixe de contar com a nossa equipe de assessoria!

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..