Você sabe o que são TPFs?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Agora que já falamos dos principais papéis de emissão corporativa e bancária, vamos falar do terceiro e último emissor: o Governo Federal. Na verdade, o órgão responsável de fato pela emissão da dívida pública é a Secretaria do Tesouro Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Economia. Mas deixemos de lado a questão teórica para entendermos de forma prática como isso funciona.

Quando pensamos que o governo tem dívidas, inicialmente podemos imaginar que isso é algo negativo e que ele deveria quitá-la o quanto antes, afinal, é assim que devemos agir nas nossas finanças pessoais. Porém, se o governo tivesse que gastar menos do que arrecada, e precisasse pagar toda sua dívida, deixaria de investir em serviços básicos (saneamento, educação, saúde, segurança) e teria que cobrar mais impostos, gerando diversos impactos negativos na sociedade. Logo, não é ruim o país ter dívidas, geralmente todos os países têm. O problema e risco é essa dívida e seus custos estarem fora de controle. A dívida pública é o mecanismo para manter as contas públicas equilibradas.

Um conceito muito importante é que dentro do país, o título público é o ativo de renda fixa de menor risco. Mas por que menor risco? Temos diversas formas de responder isso, mas a mais simples é que o Governo Federal pode emitir mais moeda, então se no vencimento ele não tiver condições de pagar, pode emitir mais papel ou então rolar a dívida. Isso deve ser feito com cautela pois pode gerar inflação e diversos outros impactos na economia. Mesmo podendo emitir mais papel, devemos destacar que até no título público há risco de crédito, onde o governo pode não honrar com o pagamento da dívida, mas a probabilidade é extremamente baixa.

Para quem nos acompanha há mais tempo, certamente já deduziu quando leu que os TPFs têm o menor risco possível, que a remuneração vai ser a mais baixa também. Essa dedução está correta, afinal, o risco é sempre proporcional ao retorno potencial.

Não perca as próximas publicações, onde falaremos sobre como investir nos TPFs e quais são os principais títulos e suas finalidades dentro do portfólio de investimentos.

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..