Tipos de OPEs: Operação Trava de Baixa

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Vamos para mais um post da nossa série sobre as principais operações estruturadas encontradas na plataforma do BTG. Falaremos hoje sobre a trava de baixa.

Essa é outra das operações mais conhecidas do mercado, também chamada de Put Spread, que consiste em utilizar derivativos (opções) para montar uma posição que se beneficia da desvalorização de um ativo objeto até um determinado nível de baixa, sem que seja necessário realizar a venda do mesmo.

Nessa estratégia, o investidor irá pagar um prêmio (custo das opções) na entrada para efetuar a operação, e esse prêmio pago representará, no pior cenário, o seu risco de perda máxima. Ela pode ser utilizada tanto para especular com a queda de um ativo quanto para proteger a carteira.

Portanto, essa OPE é muito interessante para ser aplicada pelo investidor que possui expectativa de queda para uma ação (ativo objeto), e gostaria de obter um ganho com o possível movimento de baixa desse ativo ou proteger uma posição comprada, sabendo que em caso de alta seu risco máximo estará limitado pelo prêmio pago.

Quer saber mais sobre a operação? Entre em contato com seu assessor de investimentos ou um de nossos especialistas!

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..