“Super-Quarta” na economia

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

O mercado costuma chamar de “Super-Quarta” as quartas-feiras em que ocorrem as decisões de Política Monetária dos EUA e do Brasil no mesmo dia.

Além da divulgação das decisões em si, com a manutenção ou a alteração das taxas de juros a serem praticadas pelas economias dos países, a data é aguardada pelos investidores que se atentam aos discursos dos representantes para entenderem quais serão as posturas e os posicionamentos das entidades para a política monetária dos países a partir daquele momento.

 

Nessa última Super-Quarta, o mercado não teve grandes surpresas.

Aqui no Brasil, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil decidiu por unanimidade pela alta da taxa Selic em 0,75 ponto percentual, de 3,5% para 4,25% ao ano e dando sinais de uma nova alta de pelo menos 0,75% para a próxima reunião, que acontecerá dia 4 de agosto. Além disso, os membros da cúpula indicaram que, neste momento, é adequada a normalização completa da taxa de juros, ou seja, retiraram o termo “parcial” do texto, fator de grande preocupação do mercado nos últimos comunicados, visto que as expectativas de inflação estão em alta tanto para 2021 como para 2022.

 

Lá nos EUA, o FOMC, Comitê de Política Monetária do Banco Central norte-americano, optou por manter a taxa de juros estável no intervalo entre 0% e 0,25% e afirmou que continuará a aumentar a carteira de Treasury Securities em pelo menos US$ 80 bilhões por mês e Mortgage-backed Securities em pelo menos US$ 40 bilhões por mês. A “novidade” veio a partir da atualização de suas expectativas para os principais indicadores macroeconômicos do país e a mudança de posicionamento de alguns dirigentes sobre o início do aperto monetário.

 

O mercado seguirá acompanhando de perto os indicadores de inflação e atividade e os investidores já estão ansiosos pelas próximas Super-Quartas!

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..