Os populares CDB’s

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Certamente se você já se interessou sobre investimentos além da tradicional poupança, uma das primeiras siglas que se deparou foi CDB. Vimos anteriormente que as Debêntures e os CRIs/CRAs são papéis emitidos por empresas não financeiras, e os Certificados de Depósito Bancário (sim, esse é o significado de CDB!) abrirão os nossos posts sobre a emissão bancária.

Ao lermos que são de emissão bancária, a primeira pergunta que já podemos responder é a de quem é o emissor (o devedor do papel), que são os bancos e as financeiras. Porém, você que já está ficando craque em renda fixa acompanhando nossos posts, tem diversas outras perguntas: Para que servem? Quais os riscos envolvidos? Qual o rendimento? Por que alguns CDBs pagam mais que outros? E se eu precisar do dinheiro antes do vencimento?

Muito bem, os CDBs são a principal forma que as instituições financeiras têm para captar recursos, e posteriormente realizar empréstimos. A vantagem para o banco vem da diferença entre o quanto paga ao investidor que compra o CDB e o quanto cobra de quem toma esse recurso emprestado. O principal risco é o de crédito (calote) no caso de a instituição não conseguir honrar com o pagamento, porém é mitigado pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o limite de R$ 250.000,00 por CPF, por instituição financeira.

Os rendimentos dos títulos podem ser pré-fixados (Ex. 8,50% a.a) ou pós-fixados (110% do CDI). O mais comum são os títulos pós-fixados atrelados ao CDI. Um ponto que deve ser observado na rentabilidade, é que esses investimentos não são isentos de Imposto de Renda e IOF, fatores que devem sempre ser considerados para sabermos nossa rentabilidade líquida.

Por fim, o que definirá o rendimento do CDB será, principalmente, o risco de crédito do emissor (quanto mais arriscado, maior o potencial de retorno) e o prazo de vencimento (quanto mais longo, maior o retorno). E caso o investidor necessite do recurso antes do vencimento, atualmente existem CDBs com liquidez diária, e para os que não são podemos verificar com nosso assessor a possibilidade de venda no mercado secundário.

E você, já possui CDBs entre os seus investimentos? Ficou com alguma dúvida sobre esse papel?

 

-Por Daniel Marucci

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..