O que são derivativos?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Na sua jornada de investidor, você já ouviu falar de contratos futuros? E de opções? Todos esses nomes são tipos de derivativos.
 
Mas afinal, o que são derivativos?
Basicamente, os derivativos são instrumentos financeiros que tem o preço “derivado” do preço de um ativo, de uma taxa de referência, ou até de um índice de mercado. Em outras palavras, os derivativos são instrumentos financeiros cujos preços estão ligados a outro ativo que lhes serve de referência. Por exemplo, o mercado futuro de café é uma modalidade de derivativo cujo preço depende dos negócios realizados no mercado à vista de café, seu instrumento de referência.
 
Quais os tipos de derivativos?
Em suma, os principais tipos de derivativos são: contratos a Termo, contratos Futuro, contratos de Opções e contratos Swaps.
 
A possibilidade de negociar esses ativos no mercado futuro abre um mundo de possibilidades que tornam os derivativos mais complexos. Por conta disso, é preciso algum tempo para se familiarizar e entender os tipos, as regras, as condições e a melhor forma de se tirar vantagem em cada tipo de operação.
 
Mas para que servem os derivativos?
A descrição do que é uma opção ou um contrato futuro, muitas vezes não dá aos investidores a dimensão do tipo de uso que o mercado faz deles. Na prática, em geral, os derivativos são utilizados para fins de proteção (hedge), alavancagem, especulação ou arbitragem.
Ou seja, o mercado de derivativos pode ser usado tanto para controlar perda, quanto para obter lucros. Por esse motivo, o mercado de derivativos costuma atrair investidores de diversos perfis, isso pois, além de ser uma alternativa de proteção contra oscilações do mercado, é possível ter uma boa rentabilidade.
 
Por fim, é importante ressaltar que, para operar com derivativos, é fundamental que o investidor conheça o seu perfil de risco, possua em mente uma estratégia e entenda, de forma profunda, quais são os riscos assumidos nesses tipos de mercado.
 
Ficou interessado e quer saber mais? Entre em contato com um de nossos assessores de Renda Variável!

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..