O mundo de volta ao normal

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Com o ritmo da vacinação acelerado, alguns países já conseguem retirar diversas restrições impostas devido a pandemia do COVID-19. Os EUA registraram uma média de 361 mortes nos últimos sete dias, número bem inferior ao pico registrado no início do ano de 3.400 mortes.

A cidade de Nova York já possui mais de 70% da população com pelo menos uma dose da vacina. Isso faz com que os eventos esportivos, teatros e cinemas não tenham mais limitação no número de pessoas. Além disso, os restaurantes não precisam manter o distanciamento entre as mesas e o uso de máscaras é mantido apenas em alguns lugares, como transporte público, hospitais, escolas e asilos de idosos.

Diante de tal cenário, o presidente do Morgan Stanley disse recentemente que “Se você pode ir a um restaurante em Nova York, você pode vir para o escritório”, esperando que os funcionários voltem para o escritório até o feriado do Dia do Trabalho, no dia 6 de setembro.

Os países europeus também avançaram na vacinação nas últimas semanas e já analisam a retomada das viagens de turismo. Na quarta-feira (16/06), os governos incluíram os EUA na lista dos países que podem entrar para viagens não essenciais. Provavelmente, os países exigirão a comprovação da vacinação dos visitantes.

Por Vinícius Minatogawa

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..