Mercados aguardam FED, FMI e balanços das big techs

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

A semana começa com o mercado de olho na decisão do FED sobre o aumento na taxa de juros. A expectativa é de um aumento de pelo menos 0,75% para conter a pior inflação em quatro décadas. Os investidores estão céticos de que o FED possa domar a inflação sem levar a economia americana a uma recessão.

No Brasil, estamos a uma semana da reunião do Copom (dados do IPCA-15), considerado uma prévia da inflação serão conhecidos na terça-feira. De acordo com o relatório Focus divulgado nesta segunda-feira, o aumento na taxa de juros deve ser de 0,50% levando os juros para 13,75% ao ano.

A Europa continua com dados negativos, agora com uma queda na confiança dos empresários alemães que caiu para o pior nível desde os primeiros meses da pandemia. A grande preocupação que deve levar a maior economia da Europa a uma recessão é referente a uma inflação alta e o fornecimento limitado de gás pela Rússia.

Essa semana teremos o relatório do Fundo Monetário Internacional sobre as projeções econômicas mundiais. No cenário corporativo, teremos a divulgação dos balanços das Big Techs como Google, Apple, Amazon, Microsoft, Meta, entre outros. O mercado espera números mais fracos com um crescimento mais lento nos últimos anos.

Mais Conteúdos

Tenha acesso a diversos mercados com o COE

Muito tem se falado a respeito do mercado global, que tem sofrido os..

Dados da produção industrial e vendas no varejo fora do esperado

Nas últimas semanas, os mercados de ações foram beneficiados por sinais de desaceleração..

Utilize a sua remuneração variável para o longo prazo

Finalizamos o primeiro semestre do ano e a maioria das pessoas começam a..