Mercados abrem em queda com uma possível realização de lucro e medo de recessão.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os mercados abrem com os investidores avaliando uma recessão, depois da alta nas últimas sessões o mercado abre caminho para a realização de lucros. Os principais índices americanos operam no negativo nesse começo de mês depois do melhor mês para ações nos EUA desde novembro de 2020.

O dólar abre caindo em relação a uma cesta de moedas depois da divulgação de dados da indústria americana que ficou em linha com as expectativas.

O petróleo perde o patamar de 100 dólares depois de dados econômicos da China e as preocupações de uma desaceleração global.

Os investidores continuam de olho no FED após um aumento de 0,75% na última semana.

O Bitcoin também caía depois de atingir os níveis mais altos desde meados de junho no sábado, em meio ao otimismo de que o mercado pode ter se recuperado de seus piores níveis.

Os investidores estão de olho de que uma eventual desaceleração econômica poderia por si só desinflar a alta dos preços e por consequência, levar uma ação mais moderada pelos bancos centrais em relação a alta de juros.

Mais da metade das empresas americanas divulgaram seus resultados, com um crescimento médio de 6,6% no lucro por ação anual, frente a uma estimativa de 4,1% pelos analistas.

Mais Conteúdos

Tenha acesso a diversos mercados com o COE

Muito tem se falado a respeito do mercado global, que tem sofrido os..

Dados da produção industrial e vendas no varejo fora do esperado

Nas últimas semanas, os mercados de ações foram beneficiados por sinais de desaceleração..

Utilize a sua remuneração variável para o longo prazo

Finalizamos o primeiro semestre do ano e a maioria das pessoas começam a..