Inflação americana acima do esperado

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diante do “fim” da narrativa de preços transitórios, a inflação ao consumidor nos EUA desacelerou (taxa mensal) ante a leitura do mês de outubro, mas ainda foi acima do antecipado pelo consenso do mercado. O qualitativo do resultado de novembro sugere uma continuidade de pressão inflacionária por mais tempo, sobretudo de itens do núcleo.

Em linhas gerais:
– CPI (m/m): 0,8% vs 0,7% consenso vs 0,9% anterior
– CPI (a/a): 6,8% vs 6,8% consenso vs 6,2% anterior
– Núcleo CPI (m/m): 0,5% vs 0,5% consenso vs 0,6% anterior
– Núcleo CPI (a/a): 4,9% vs 4,9% consenso vs 4,6% anterior

A manutenção do resultado em patamares elevados é reflexo da elevada pressão em Carros Usados e dos Bens Duráveis, impactados pelas dificuldades produtivas, e das Passagens Aéreas. Além disso, o resultado foi agravado pela persistência dos altos preços de Energia, Alimentos e Habitação.

Para os próximos meses, o time Macro & Estratégia do BTG Pactual entende que alguns itens devem perder peso, como o caso de energia, com a desaceleração dos preços do Petróleo no mercado internacional, e a redução, na margem, do preço de alguns insumos para a indústria com o alívio dos gargalos nas cadeias produtivas. Contudo, a trajetória de inflação ao consumidor deve seguir superior aos 2,5% ao longo de todo 2022.

Nesse sentido, com o CPI no maior patamar em 40 anos, somado à um mercado de trabalho mais apertado, o FOMC deve acelerar o tapering na reunião da próxima semana, além de pressionar as expectativas de alta de juros em junho de 2022.

Mais Conteúdos

51 FIIs entregaram mais que 1% de dividendo líquido em janeiro

Mesmo com a alta dos juros, a classe de FIIs segue apresentando diversas..

Na sua jornada como investidor, você já ouviu falar sobre o BTC?

No mercado financeiro, existe um segmento onde é permitido ao investidor vender um..

O momento dos Fundos de Bolsa no Brasil

O universo de Renda Variável é bastante complexo e amplo. Entender os fundamentos..

Pesquisa Mensal de Serviços surpreende em novembro

Após dois meses de recuos consecutivos, o setor de Serviços surpreendeu, apresentando avanço..