Clave: nova gestora que começa gigante

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

O ano de 2021 vem sendo muito especial para os Fundos de Investimentos. Além da boa performance de vários produtos, novas casas estão surgindo em um cenário cada vez mais repleto de bons e respeitados nomes.

Nesse post, falaremos da Clave (assim como o sinal que indica ao músico o nome e a altura da nota), nova gestora do ex-CEO da Itaú Asset Management, Rubens Henriques.

Rubens deixou o cargo de CEO da asset do Itaú em setembro para idealizar o projeto da Clave e atuará como sócio dos três partnerships. A casa, do ex-CEO da Itaú Asset Management, Rubens Henriques, estreia em parceria com o BTG Pactual, 35 colaboradores em escritórios no Rio e em São Paulo. Entre os CIOs, a asset tem uma média incrível de 22 anos de experiência.

A gestora terá, à princípio, 3 estruturas: macro, ações e quantitativo. As estratégias principais serão Total Return, Long Only e Multimercado Macro.

A área macro será liderada por Rodrigo Carvalho, ex-Vintage, que possui 26 anos de mercado (sendo 15 deles em gestoras independentes) e conhece Henriques há 14. Foi um dos fundadores da Mauá Capital com ninguém menos que Luis Fernando Figueiredo, e entre 2009 e 2014 geriu um fundo macro na Polo. Ele contará com mais 2 gestores e 3 analistas na estrutura.

A estratégia de ações caberá a André Caldas, que era o gestor de Bolsa do fundo do Itaú Hedge Plus. André é CFA e tem mais de 24 anos de experiência no mercado. Ele será o responsável pela estratégia que contará com 3 gestores principais e 5 analistas setoriais.

Por fim, a parte quantitativa será tocada por Moacir Fernandes, ex-Murano, gestora carioca focada em abordagem sistemática. Ele possui mais de 17 anos de experiência e a estrutura contará com mais 2 gestores e um desenvolvedor.

Se tiver qualquer dúvida sobre a casa, sobre os gestores ou sobre os veículos, nossa equipe de assessoria está à sua disposição!

Mais Conteúdos

Dados de produção industrial dos EUA abaixo do esperado

Os EUA divulgaram os dados de Produção Industrial: -1,3% vs 0,2% expectativa vs..

Equivalência de taxas na Renda Fixa

Muito provavelmente os leitores mais atentos, ao lerem nossa última publicação sobre a..

Reflexões sobre as taxas dos Fundos de Investimentos

No Brasil, somos acostumados a fugir e ter medo de taxas. Isso porque,..